(41) 3035-2569 / (41) 9.9808-0067 contato@afpm.com.br

      Assim como o Outubro é rosa para estimular as mulheres na prevenção ao câncer de mama, o Novembro Azul ressalta a importância de que o homem também faça exames preventivos anuais para se prevenir do câncer de próstata. Quando detectada no início, a doença tem 90% de chances de cura.

      Estimativas do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) apontam o registro de 65.840 novos casos de câncer de próstata em 2020. Porém, a pandemia do Coronvírus prejudicou o diagnóstico. Um levantamento realizado no HCor comparando os dados de março a setembro de 2019 com o mesmo período de 2020 aponta que quatro a cada dez homens deixaram de procurar o urologista desde o início da pandemia.

      O diagnóstico precoce é a principal preocupação dos especialistas, já que os casos não param de surgir. Um a cada nove homens pode desenvolver o câncer de próstata, e este é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens (perde apenas para o câncer de pele). Nem sempre há sintomas, então sem os exames preventivos é muito difícil descobrir a doença a tempo de garantir um tratamento menos invasivo.

      No mundo todo, 75% dos casos ocorre a partir dos 65 anos, porém os exames preventivos já devem ser feitos por todos os homens a partir dos 50. Quando o homem já tiver casos na família ou fatores de risco como obesidade, deve fazer os exames anualmente a partir dos 45 anos. Basta procurar a unidade de saúde mais perto de casa para se prevenir.